Ligamento Cruzado Anterior

A lesão do Ligamento Cruzado Anterior – LCA (um dos principais ligamentos do joelho) é uma das mais frequentes na prática de esportes, mas também pode decorrer de entorses em atividades simples do dia a dia.
No momento da lesão, geralmente ocorre um estalo forte no joelho, associado a dor intensa e inchaço local. O atleta sente que “o joelho saiu do lugar” ou que “o joelho ficou solto”. Com o passar dos dias, a dor e o inchaço vão diminuindo, porém a sensação de instabilidade continua. O diagnóstico é realizado por exame físico e ressonância magnética.

As rupturas desse ligamento não cicatrizam espontaneamente e a persistência da “folga” na articulação provoca lesões adicionais na cartilagem (ver Condromalácia ou Condropatia Patelar) e nos meniscos, agravando o quadro de forma progressiva.

O tratamento é realizado através de artroscopia – cirurgia realizada por vídeo, com três pequenos “furinhos ” e que proporciona uma recuperação mais rápida e menos dolorosa. Não é possível suturar esse ligamento, portanto, há substituição deste por um enxerto retirado do próprio paciente. Geralmente utilizo o tendão do grácil e do semitendíneo por causar menos dor e proporcionar uma cicatriz cirúrgica mais discreta.

O paciente recebe alta hospitalar no dia seguinte ao da cirurgia e deve iniciar a reabilitação com fisioterapia o mais cedo possível. O tempo de retorno ao trabalho depende da profissão exercida, mas pode ocorrer em cerca de 10 a 15 dias para funções que não exigem esforço físico.

O retorno ao esporte deve ocorrer de forma gradual, após um período de fisioterapia, com fortalecimento muscular a partir do segundo mês pós-operatório, associando-se exercícios de equilíbrio e força. A corrida, na maioria das vezes, é liberada no sexto mês e esportes de contato e com movimentos de giro (futebol, basquete, lutas, etc), a partir do oitavo mês pós-operatório. Tais períodos podem sofrer variações, a depender da presença de outras lesões associadas e do ganho de massa e equilíbrio muscular.

Na suspeita de lesão, consulte sempre um ortopedista especializado em joelho. A relação desses profissionais em todo o Brasil pode ser encontrada no site da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho (SBCJ) e no site da Sociedade Brasileira de Artroscopia e Traumatologia do Esporte (SBRATE).

Marque sua Consulta